7 de set de 2013

E é a dor que não me deixa
E é a dor que não se sente
E é a dor que não se suporta
E é a dor que não se demonstra
E é a dor que não tem remédio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário