14 de out de 2009

pedido.

me faz um favor?
esqueça que eu existo para eu poder te esquecer também.

11 de out de 2009

recomeço.

eu tinha começado um novo ciclo, porém só notei isso dois segundos depois de você ter indo embora.
meu novo ciclo é você.

23 de set de 2009

eu simplesmente não me importo.

quer mudar tudo de lugar? quer brigar? quer deixar as coisas assim?
eu simplesmente não me importo.
só vamos embora logo, porque não quero me prender em você de novo.

8 de set de 2009

fungindo.

por que tão longe? por tanto tempo? pra que tantas coisas?
eu sempre quis voltar pra casa, mas seria mais complicado do que pareceu.

6 de set de 2009

do mundo.

às vezes eu queria que o tempo não passasse; que eu olhasse pro lado daqui a dois anos e ainda visse todos lá, do mesmo jeito que eram, que sempre foram. mudanças não são pra mim, sou muito nostálgica. e se existe uma coisa que definitivamente tem uma coisa que não muda com o tempo, é o caráter.
sinto pena de tantos por isso!

23 de ago de 2009

22 de jul de 2009

façade of realitty - epica

pessoas criaram invenções religiosas para dar às suas vidas um lampejo de esperança e para amenizar o seu medo de morrer. e pessoas criaram intenções religiosas apenas para se sentir superior e ter uma licença para matar.
pessoas criaram invenções religiosas para dar a suas vidas um lampejo de esperança e para amenizar o seu medo de morrer. e pessoas criaram ascensões religiosas para subjugar os outros e para escravizar: apenas para enriquecer ainda mais a si mesmos.

26 de jun de 2009

dramas.

adianta mesmo sofrer tanto assim, se no fim tudo vira pó?

mudanças.

é, são inevitáveis. são cruéis. deixar tudo pra e recomeçar de novo, uma. duas. três. quatro vezes. sim, quatro vezes. perambulando por cidades alheias e por dramas da minha vida, notei que ela daria não uma, mas várias novelas.
intriga, mentiras, festas, de tudo um pouco.
uma vez me disseram que a minha personalidade tem inúmeras facetas. acho que o âmago disso é que "interpretei" vários "papéis" nessas minhas "novelas".
a vida das outras pessoas também é difícil e nem notamos, tão importados que estamos com nossos próprios dramas. de que vale isso? daqui a dez anos vou rir disso tudo sim, mas não quer dizer que eu não vá sentir falta de nada.

18 de jun de 2009

half the world away - oasis

então aqui vou eu, continuo arranhando no mesmo velho buraco; meu corpo se sente jovem, mas minha mente é muita velha, então o que você vai dizer? você não consegue me dar os sonhos que são meus de qualquer jeito; você está dividindo o mundo ao meio, dividindo o mundo ao meio, dividindo o mundo ao meio...

28 de mai de 2009

before i'm dead - kidneythieves

as épocas voam me lembram. o que escondo me lembra. os céus desertos quebram os espiões e me lembram o que nunca tentei. o oceano largo, vermelho salgado, me lembra o que fazer antes que eu veja você, toque você, sinta você, diga a você...

gossip girl

assim como as estações do ano, as pessoas têm a capacidade de mudar. isso não acontece com muita frequência, mas quando isso acontece, é quase sempre bem-vinda. às vezes, leva o que está se consertando quebrado novamente. às vezes, leva a uma abertura à novas pessoas. mas a maior parte das vezes leva uma pessoa que está realmente com medo de mostrar o que sente a ter uma oportunidade que nunca imaginou possível. e algumas coisas nunca mudam.

25 de mai de 2009

sweet about me - gabriella cilmi

não volte correndo para cá quando aí estiver pegando fogo, rapaz. ;)

28 de abr de 2009

paperdoll - kittie

eu olho para ela naquele vestido de papel e imagino o por quê ela não queima.

o ritmo da chuva - fernanda takai e rodrigo amarante

olho para a chuva que não quer cessar, nela vejo o meu amor. esta chuva ingrata que não vai parar pra aliviar a minha dor.
eu sei que o meu amor pra muito longe foi numa chuva que caiu. oh, gente! por favor pra ela vá contar: meu coração se partiu.

26 de abr de 2009

23 de abr de 2009

ironia

é inacreditável como as palavras que ela disse ontem se voltariam contra ela. quem imaginaria que ela seria a própria imagem da solidão? e que, depois de tanto tempo, o passado ainda rondaria sua mente, ainda subiria pelas paredes e ainda impregnaria seu quarto inteiro com aquele perfume inconfundível?

jacqueline - franz ferdinand

eu estou vivo, e como eu sei disso! mas por batatinhas e por liberdade eu poderia morrer.

falling down - oasis

eu tentei falar com Deus em vão... eu o chamei acima, dentro e fora de lugar nenhum; e disse "se você não vai me salvar, por favor não desperdice meu tempo".

28 de jan de 2009

quarto.

à noite, enquanto olho as luzes da cidade pela janela, penso no dia que podia ter tido.

20 de jan de 2009

teatro dos vampiros - legião urbana

e nesses dias tão estranhos fica a poeira se escondendo pelos cantos... esse é o nosso mundo e o que é demais nunca é o bastante; e a primeira vez é sempre a última chance.

16 de jan de 2009

when did your heart go missing? - rooney

amor não vem tão facilmente... isso não tem que terminar em tragédia. eu tenho você e você me tem, nós somos um em um milhão. por que você não pode ver?

12 de jan de 2009

enjoy the silence - lacuna coil

tudo o que eu sempre quis, tudo o que eu sempre precisei, está aqui, em meus braços.

6 de jan de 2009

fidelity - regina spektor

e achei que nunca iria te encontrar, achei que nunca iríamos nos apaixonar, achei que nunca deixaria você me beijar de um jeito tão suave e doce.

exile - kari rueslaten (II)

eu embalei meus pensamentos e visões dirigindo-as para a luz do outro lado, embora o consolo fosse um mito e o túnel fosse um cone. eu corri - mas eu nunca voltei atrás.

exile - kari rueslaten

quando tiver uma briga, eu estarei lá. é tão bom fazer o que não se deve fazer! e eu jogo, eu aposto e permaneço. eu olho - mas eu nunca volto atrás.

5 de jan de 2009

all you need is love - the beatles

não há nada que você possa fazer que não possa ser feito, nada que você possa cantar que não possa ser cantado, nada há nada que você possa dizer, mas você pode aprender como jogar o jogo. é fácil. ;)

4 de jan de 2009

viva la vida - coldplay

E eu então descobri que meus castelos se apóiam sobre pilares de sal e de areia.

2 de jan de 2009

amor

ousada aventura inconseqüente.